28.11.03



Aí amigo TP, esse é pra tú cara. Acho que como amigo, e machamente, eu posso dizer que te amo, de coração cara, irmão. :)

Só mesmo em "Barbaridade" a Malu Mader pode ser a mãe de Cláudia Abreu!

Deêm uma lida, vale a pena, pra quem gosta de novela então, porra...
Aí Lucas, esse é pra tu!!!

O Otávio chamava ele de Matraca, outros de Formiga Atômica, eu o conheço como aquele maluco que andava esse de trio elétrico pequenininho animando toda rapaziada. O cara tinha realmente um sorriso legal, ele era engraçado, não tem pra onde e mais do que isso famoso.

Pois é, o maluco que pensando assim sozinho, parecia até com o Raul Seixas morreu, atropelado por uma moto em Murici, local onde reside alguns de seus familiares, pelo menos assim me contam as más e boas linguas. Já foram feitas piadas e alguns já se revoltaram com o prego do motoqueiro que parece que estava embriagado, não sei, não estou aqui pra escrever nenhuma nota de falecimento, para prestar minha homenagem pelo "Formiga Atômica" e parabenizá-lo por fazer tanto sucesso aqui na comunidade maceioense.

Aproveitando o encejo (se é assim que escreve isso), mais uma vez vai aí minha teoria de que um homem só é homem após morrer. Só depois de morto é que o cara passou na tv e fez tanta gente parar para pensar. Se ele não tivesse morrido, tudo continuaria normal, a não ser que fosse um acidente feio e se assim o fosse, quando ele voltasse ao seu estado normal, teria emprego garantido, eu acredito.

Tomara que estejas bem, onde tu estiveres, sei que parece hipocrisia assim do nada, mas eu te achava engraçado pra caralho e sempre o achei uma figura alagoana muito louca (isso é um elogio). Estejas bem.



eis priscila!

Ânsia de um Desejo

Lá pelas tantas da madrugada, a mente continuava sã, mas o corpo vomitava a ânsia do âmago de desejos bruscamente involuntários.

- 'Como pode um homem de minha idade, passar pelo que passo neste exato momento?
Mas a dúvida só lhe corroia o espírito, assim como os vermes saboreando os restos dos olhos de um cadáver em meio a sua decomposição.

- O que são os fatos se não mera ficção psicológica?
Mas as dúvidas só lhe cortavam o estômago, o que naquele momento não havia de ser problema algum, pois o único nervo que ainda lhe proporcionava alguma sensação fora arrancado aos dentes por aquela que lhe fazia sexo oral com um falso entusiasmo.

E para vocês, a vida continua!

HAHAHAHAHAHAHAAH

http://www.ereto.com.br

HAHAHAHAHAHA, que coisa imbecil.

Penso no que pode ocorrer, quando o vento tiver feito o seu trabalho.

quero a capacidade
como a coragem
capacidade de coragem
ou
coragem de capacidade
incapaz de ter a capacidade
de dizer o que há de ser dito

o que falta, é o passo adiante

qTosquim

braços cortados a força
o sangue não resta
o que me sobra, o que me falta
o nada me completa

agora sou desempregado. YEAAAHHH

TODAY!!!

LAAASSSSTTT DAAAYYY OF WORRRKK... GRRRRRRGRRRRRRR

situação climática: ventos fortes que vão ao longe.

o vento aproxima-se. horar de planar.

ando desconexo. e daí?

27.11.03

Diva Divina

Socorro, pelo amor de qualquer um, me ajudem...
Navalhas aterrisam do céu, ragando meu assoalho
Esperem por mim, por favor não fujam
O teto é vermelho e a gelatina verde
O amor que tu me destes era tanto que acabou
Cada um por si, ninguém por mim
Parabólicas desconsoladas no véu do céu com mel do fel de ontontem
Outrora vida, outrona diva
Memórias não levantam mais da cama
E o fastama de quinta-feira que vem
Nem tanto trazia medo
Mas puta... trazia verdade


Vôo para liberdade natural, pois os pensamentos são indignos de pureza.

26.11.03

circulando! circulando!

O amor é filme, e Deus espectador

25.11.03

no title

Era tarde, nuvens cinzas e esparsas faziam fundo as ruas escuras do lugar. O vermelho sangue brilhava nas mãos dela. Ele não era capaz de apenas um sussurro, nem um vocábulo solto no ar. No rosto dela, escorria uma gota da lágrima contida. Cristalizava na memória, dele, mesmo que curta, pois sua máquinacinzadepensar já não gerava os pulsos necessários para vida.
Morreu, afoito, sem o ar, com a imagem na lembrança. Ela, explodiu o coração que escorreu pelas veias.
As nuvens se desfizeram, e o mundo continuou a seguir seu giro.

Nunca existimos, nem mesmo nas memórias
tudo foi um relapso do conto, do mentiroso
éramos figuras ilustres de um cenário vazio
éramos unha e carne do pé que nunca pisou
assim como as cigarras, que cantavam ciclos de esperança
mas
não fomos fábula, nem conto
e como um apronto de mágica
sumimos do lugar nenhum

seguinteeeeee

Bem afudê thenewdisc do Otto. Bom, sempre soube que o moço é um sequelado pelas drogas. E acho que no caso dele é bom.

Go to hell, and, and, and, ...

[Ouvindo: Lavanda - Otto - Sem Gravidade (4:52)]

"e a vida é mesmo assim"

PORRA! DUCARALEO! É esta versão aí, de Tarja Preta (Wado). Sem palavras. É o terror do local...

[Ouvindo: Tarja Preta - Bojo + Maria Alcina + Wado - ao vivo (5:12)]

ATENTEM BEM!

NÃO EXISTE CONSPIRAÇÃO. PARA MIM A "GUERRA" TERMINOU ANTES MESMO DE COMEÇAR. E PRESTE ATENÇÃO, PESSOAS NÃO SÃO PEÇAS DE UM TABULEIRO DE XADREZ. NÃO EXISTE GUERRA, NÃO EXISTE CONSPIRAÇÃO, TALVEZ ARREPENDIMENTO.

tome tento. porra!

as vezes gostaria de ser louco, internado me manteria são.

Já não me sinto, já não me minto
me conto as verdades, as juras
mas não repito a outrem
não morrerei ontem
não nascerei amanhã
não me repito, não me fico
me levo por onde as pernas levar
me arrasto por onde houver chão
me levanto pra atirar, toda, expressão
não há luz nos olhos
só há o breu
o breu, o breu
festas, comemorações
me conta
quem foi que morreu?
a não ser eu .;.

Algo realmente tosco.
Algo realmente doente.
Algo realmente interessante.

24.11.03

Acabei de passar pelo assim-assado e vi os tracejados massa sobre o aniversário da pirofágica, tá aí, é verdade, quem foi o idiota que inventou que o dia de comemorar seu nascimento tem que ser escondido ou se tem que ficar mal, é um dia qualquer, como todos os outros, com uma pitada de algo especial, algo que só os seus amigos conseguem perceber.

Infelizmente não pude comparecer a esta puta festa de virada de sábado pra domingo, mas fico feliz, não por não ter ido, mas pelo os que foram e principalmente pela aniversariante, por ter tido tantos a confraternar e a presentear, pois aí vai pirofágica, declaro neste o meu (já que não pude fazê-lo ao vivo): FELIZ ANIVERSÁRIO !!!

Isso que é legal!

http://www.doentesocial.hpg.ig.com.br/a_vida.swf

divirta-me!

onde estão as paredes?
foram-se com os limites.
limites do mortal, da moral
limites de sons, que entram em meus ouvidos
invadindo meu espaço, corporal
racional

Se não puder ajudar, atrapalhe! O importante é participar.

21.11.03

porra, fiz o lance da mudança de fundo, tomara que não fique pesando, ou vou ter que tirar...

Acho que...

...sei lá!

isso aqui é legal, clica aí

Teoria da Conspiração


eu achei um scriptzinho pra fazer um reloginho no ponteiro do mouse, aí quando eu vi, os caras já tinham...

"Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!" "Só humor salva!"

Campanha:

Quem Comprou o Livro da Pirofágica...

Você que vive na internet, procurando o que fazer ou não, blogueiro de plantão, googlemaníaco e meio Sherlock nas horas vagas, a partir de agora, está lançado o desafio?

Como eu sei que ninguém nos ler, não tem prêmio.

Previsão do Tempo:

Rajadas fortes de solidão, com um pouco de granizo lá pela meia-noite, onde pode-se ver a Lua linda que existe e o quão medíocres nós somos.

Recado Idiota:

"Aí bicho, boto uma fé, pode crer mano, tô contigo, tipo assim, num vô contigo, mas tô contigo, se é que nós nos entende"

é tudo tão estranho, medonho.



mas não é para Wong Fu.

Até mais ver amigos, inimigos. O tempo me corrompe. Saio em retiro, lavar a alma, o espirito. Preciso de tempo. Para compreensão individual.

os vermes comeram minha alma

mas não levarão meu nome.

. O.
. . O
OOO


H.

o nada me completa
me contempla, vazio
sem certezas de ter feito
certo ou errado
ou apenas seguir a razão
razão de nome, de anseios
meus motivos são maiores
que minha dor individual

fiz e não há
arrependimento para matar-me
será? será? verdade? verdade?
ou apenas palavras
desisto.

me farei feliz
talvez
no dia
que não chegará



com muito amor.

20.11.03

O cara passa o dia todinho na frente de um computador em foda, depois ir estudar a noite (+ pc na frente), chegar em casa dá uns cliques na net (ói ele de novo), então filosofei (após diálogos de como solucionar um problema no banco de dados ou no programa):

Os morros no estão sendo informatizados para que os traficantes possam vender seus produtos com maior facilidade, alé de controlar o acesso completo com relatórios e tudo mais, de quem entra e quem sai do banco, além da folha de pagamento do policiais que tentam ganhar mais que o acertado com os caras do tráfego. É isso, vou fazer um programa e vou manda pelo gordo para os caras do comando vermelho lá no Rio, já que as favelas já estão aprendendo a mecher no pc. Hé hé...

do alto da consciência, grita o inconsciente

Ela costumava ser cordial. Falava aos ouvidos o que eles queriam ouvir. Contava-me fatos, relatos, histórias. Citava cantigas de séculos passados. E nas horas de aperto, era ela que repudiava os atos. Censura! Ela censurava, criticava, e fazia os contra-pesos. Auxiliava em momentos de dúvidas, e incentivava em momentos de certeza.
Lembro-me da primeira vez que ela se fez sobre meus atos. Tinha uns 7-8 anos, quando cometi umas das primeiras grandes estripulias de criança (bom não foi a primeira, nem entre as primeiras, mas deixa pra lá). Em sala de aula, troquei os conteúdos das bolsas de meus pequeninos colegas, ou seja, isso que tá aqui vai ficar dentro daquela bolsa, e o quem tem dentro dessa vai praquela outra, assim sucessivamente. Confusão. Fui descoberto! Gritei, esperniei e xinguei, mas não conveci ninguém de que não tinha cometido ato de tamanha crueldade. Mentira! Furiosos, queriam esganar-me. Corri, mostrei a bunda, e acabei por parar na diretoria. Não deu outra, ela foi da escola até em casa falando com meus ouvidos.
Lembro-me que era de costume ela culpa-lo por meus atos. Brigavam, trocavam palavras com muito amor e ódio. Tempos de paz não eram frequentes.
Agora cresci, e tenho saudades. Dificilmente fiquei inerte a trocar duas, três palavras com ela. Ele, sempre o encontro, infelizmente não consigo lembrar dos acontecimentos durante tais encontros. Bom, econtrarei-os por aí, qualquer dia.

Revolutions

Eu poderia fazer uma crônica sobre Matrix Revolutions, mas não vale apena, muitos já o fizeram e o filme é uma bosta mesmo. Pra ver kung-fu, prefiro o Bruce Lee.

Justamente. Aquilo que pensas saber... Justamente

NUNCA DUVIDE!!
mas quando tiver certeza, perceba as duvidas...

Puta Que Pariu, com PQP maiúsculos... é foda...

Hoje fui sujeitar a ouvir um coroa que sempre teve tudo na vida falar:
- Nunca vi consciência ter cor!

Tudo pq. hoje é dia da Consciência Negra, tentei dialogar, depois argumentar, mas acabei com vontade de mandar tomar no cú, mas não podia, pois a senhora cujo consciência não tem nenhuma, com ou sem cor, é a mandona do Recursos Humanos aqui do trabalho, aí já sabe, carteirinha azul assinada e porta da frente aberta, sentido rua.

Foi exatamente o que pensei, daqui a pouco estou saindo daqui mesmo, toque o foda-se então, mesmo assim, vou tentar esclarecer:

O Dia da Consciência Negra não é nenhuma comemoração ou disputa sobre consciências e tal, a coisa é bem mais histórica, é a comemoração da consciência que o negro é igual ao branco, coisa que esses brancos idiotas não tem até hoje, eu poderia ficar falando mais aqui, sobre o que eu sei e até o que eu não sei, mas estou puto, isso não pode, essas idiotas aqui do trabalho ainda se dizem espírita.

Consciência Negra não é dar cor a consciência e sim colocar na consciência que a cor negra é igual a todas as outras cores.

19.11.03

e são valsas, olha só!

ouço os sonetos ao fundo, mas curioso, eles estão em tom cinza hoje.

algumas sessôes depois...

Procurando é que se acha. É. A para não é viver totalmente sem metas, mas sim não viver totalmente em função delas. O negócio da China é saber a hora de mudar o rumo, saber que aquela meta o vento não mais consegue levar. E embarcar em outra, que está ali a cruzar o seu caminho. RUN! FORREST!

LOSER MANOS

Os Moços estão de site novo, agora em flash. Em opinião própria, bem menos funcional em flash.

gosto das imagens, mas amo as reticências... elas nos dão espaços de interpretação... o nirvana acontece quando se unem, em um balé sinfônico, formam um par perfeito e te abre para sua visão... sintonizam...

Então que, o universo sorriu e disse: "Te ajudarei".
Calado ficou, sorrindo e pensando, como tudo é Maravilhoso.

18.11.03

Novo Jogo do Senhor dos Anéis

eu quero, quero mesmo!!!


Tanto o visual quanto o som do game mostram que a EA trabalhou bem perto com a New Line."


17/11/2003

da Redação

Com a correria de acompanhar o lançamento dos filmes em que são baseados, a EA precisou pular o primeiro jogo de "O Senhor dos Anéis" e não lançou o segundo para PC. Aproveitando as vésperas do lançamento do terceiro filme...

"Vou, mas não me pessa pra amar uma mulher que não você."

Um show não muito bom, inda soube que minha voz não tava saindo, droga, pra que me esgoelei tanto se minha voz num tava boa, devia ter ficado em casa, dormindo, o fim de semana todo, debaixo dos lençois, protegido da pessoa que amo.

17.11.03

Coisinhas que preciso lembrar:


www.devguru.com

document.background

Somos Mediocres
A ponto de sermos
HUMANOS

E o medo permanecia. Tinha que aceitar o fato. Raízes só desenvolvem com o medo. Medo do empírico. Medo das bases cientificas. Falta-lhe o ar, para renovar o que ainda não veio. Falta-lhe a fome. E quando o amanhã for hoje? O que padece?
O pó lhe resta, lhe cabe. Voa. Galho a galho. Pólen. Cai. Pólen. Floresce. Cresce. O medo permanece.
Constante, involuntário e irritante.

é o fogo, que arde, queima os olhos, mesmo estando a milhares de anos-luz daqui...

Contra Burguês, Baixe Mp3



Campanha enviada por Sad Flower (obrigado por enviar o tal email), e dou todo o apoio. Quem conhece o meu hARDdISK, que o diga... Nada contra os artistas, mas talvez eles sejam os mais explorados dentro das megacorporações. E ninguem me tira da cabeça que toda a mafia, (empresa da grande pirataria, que distribui por todo Brasil com os camelôs) seja de propriedade das grandes gravadoras, já que vão vender muito por ser mais barato, e sem pagar os direitos autorais.

Desde Amanhã

e as navalhas cairam, cortando
como se sentisse a morte
respirando, no pé da nuca

não reconhecia o estado de si
pois nunca perguntara a outrora
sentia o cheiro de morte

por nunca ir embora
cheiro, que por hora
ocupava suas narinas
e quando luz que tocou a retina
ocupou todo o espaço
de suas entranhas

foi-se, nunca mais voltou
não sentia dor, nem amor
sentia medo, mas sentia coragem

acabou morrendo
de sede

Ano novo, vida nova e parte do computador novo, pois é, meu pc continua na mesma e acho que meu salário de dezembro junto com o décimo terceiro vão todo para minha mais nova supermáquina, e aí, mais uma vez não tem roupinha pro natal e nem pra virada de ano, na verdade nunca tive essas frescuras de ter que passar com roupinha nova e tal, mas é que realmente enjoa usar durante um ano inteiro o mesmo guarda-roupa, vou começa a inovar, começando pela namorada (nada de trocar de namorada, tá louco?), começar a sair pra outros lugares com ela, tomar mais vinho e olhar o sol nascer e andar nas pedras, a última vez que a gente fez isso, a gente ainda nem namorava, incrível como deixamos as coisas tomarem conta da gente, mais o que eu preciso mesmo é de uma calça nova, não tenho mais calça pra trabalhar, falando em trabalho, acho que ano que vem, vou dar uma de professor, se tudo der certo, ah, quer saber, foda-se, quem é que quer saber da minha vida?

14.11.03

sou limpo
cristalino
no fundo
de minha
podridão
impuro
somos

Quem é você, quem
que deixa os confetes no ar
a fantasia viva,
do eloquente teatro da vida
quem, não disfarça
desarma o mistério
fala-me ou mate-me
mas não me deixe
viver no escuro
quero saber,
conta-me
devolva-me
meus olhos

Acho que descobri pq. com conexão lenta o blog não aparece, é a porra dos script de Usuário On Line e o Contador Monitorado, tentei entrar no blog da Erika e o Jr. e nada também, tou fazendo um teste a partir deste post. Vocês que acessam estes blogs e teêm computadores lentos, estão conseguindos entrar nos danados que tem on-lines?

Dialogggg, do cume dos pensamentos

- e aí?
- e aí o que?
- humm, aff, pq tú não se mata, então...
- como?
- pula do ego porra! pula do alto do teu ego! vai!

Lágrimas ao Espelho

No fundo escuro do espelho
Ainda vejo, mesmo com as pálpebras mortas
As olheiras que insistem em derramar pensamentos
E nesse desvaneio meu e idiota
Posso conversar olhando no olho de meu eu
Chegando ao eu do meu olho
Influenciado pelo combustível sonoro momentâneo

- Como estás meu amigo eu?
- Eu? Não muito bem e eu?
- Eu também não
Mas eu acredito que eu estou pior
- Quem? Eu ou eu?

Que porcaria de dor é essa
Será que pelo menos uma vez
Só uma, umazinha só
Esse Deus que existe aí em cima
Dá só uma olhadinha pra mim agora
E vê se mete algo que possa me explicar

Engraçado como fingimos ter problemas
Só para não podermos ficar felizes
Idiota é o Idiota que disse que ela não existe
Nós é que temos medo
Um puta medo de sorrir até o fim dos dias

Cartaz do Show de Lançamento do Post-ALHoje tem show, Dona Maira toca com Dr. Charada e Xique Baratinho lá Quarup, isso se não faltar energia e não é boca de praga. Tudo indica que o show vai ser massa, dependendo de mim pelo
menos, ninguém vai se arrepender, mas além de mim, existem outros oito e se apenas um deles não resolver sincronizar, vai dar merda... mas isso não vai acontecer, por mais que chorem, existem responsabilidades com integrantes e público, se quiser esperniar depois que se espernie, essa é a rotina...

Post-ALÉ Lançamento da Obra Poética Post-AL, onde Beto Brito (poeta), Tup (Web Designer) e Eduardo Noé (Designer de Comunicação) reinventam e mixam cartões postais com páginas de poesias, vou dizer a verdade, esse tal de Beto Brito ainda vai ser estudado para se fazer prova de vestibular, eu boto uma fé, pois é...

Como eu falo em uma de minhas letras "hoje a casa é saco cheio, ô cumpadi".


Não tem aqueles dias que você já acorda com a bunda no sanitário, suando frio e se perguntando o que fez de tão errado para ter mercendo isso, pois é, é foda.

13.11.03

Vamo vê, quem é sabido

No Japao, esse é um dos tipos de exames aplicados em um teste de QI.
O objetivo do jogo é atravessar todos os integrantes para o outro lado do rio.
Clique no endereço abaixo e faça o teste:


http://smallcampus.net/html/maths_games/2001-05-03/riverIQGame.swf


As regras são as seguintes:

1-Somente o pai, a mãe e o policial sabem pilotar o barco;
2-A mãe não pode ficar sozinha com os filhOs;
3-O pai não pode ficar sozinho com as filhAs;
4-O prisioneiro não pode ficar sozinho com nenhum integrante da famí?lia;
5-O barco só pode transportar 2 pessoas por vez.


Vamos lá, quem conseguir, avise-me.

Quando mais novo, costumava jogar um futebolzinho todos os fins de semana, não sei bem quando foi que tudo começou, são tantas lembranças, a velha Terra de Antares, conhecia muito daquilo ali, muito mesmo, desde as grotas até as casas mais xiquizinhas, tantas figuras, policiais federais, jornalistas, delegados de interior, mulher de pistoleiros, era uma vizinhança louca, o vigia comedor de viado, mó lombreiro, os donos das ruas e por aí vai, o Jão doido, o Hugo, o Tatá, o Careca e o Nanú jogando basquetebol, os caras do Cambuci e do Zé Tenório, não podiar marcar um joguinho que era facão pra cima. O H. Equelmam - Vergel, que passei um ano sem subir no ônibus pq. queriam me pagar, naquela época, cada maluco tinha o seu respeito nos bairros arredores, mas era bom sempre andar acompanhado.

Acredito que na época eu fazia 7ª ou 8ª série, estava começando a ouvir Raimundos e Legião Urbana e pensando em surfar, vejam só, ótimo caminho este para a "direção certa", alguém aí vai afirmar que depende do ponto de referência, mas não tem a ver com isso, ninguém aqui sabe o que eu passei naquela maldita época, surto de memória e crise existencia, ah! que nada, acho que todo maluco tem que passar por isso um dia para aprender sobre a realidade do mundo, como falávamos lá nos Antares, "cuidado pra não ficar neném". Besteira. Não sei nem pq. estou escrevendo isso. Mas tudo bem, vamos continuando pra ver no que dá.

Lembro que um certo dia, passamos do Lírio pra Coisa e da Coisa pra Pedra, ninguém se fudeu não, mas muitos pagam com muito suor até hoje, acredito que cada um é dono do seu nariz e futuro, mas por mais que descordem, existem metas, todos precisamos de metas, só o fato de você querer alguma coisa e ir atrás dela, já é correr atrás de uma meta, se formar em jornalismo, jogar CS, fazer sexo na chuva, se foi desejado, já houve metas.

Cada um tem o direito de fazer o que quiser da vida, mas isso não dá o direito de passar por cima do direito dos outros. Estou sem saco prum mundo de coisas, por isso me fecho em meu mundo, mas não atiro em ninguém por causa disso, já vi pessoas se afastarem de pessoas, já perdi amigos e amigos já me perderam. Num futuro próximo... explosão.

12.11.03

Porra, o Da Luz disse que esse fundo aí tá parecendo Engenheiros do Hawaí, merda, tenho que concordar!!!

Mas eu não me renderei, desde meu primeiro, os templates veêm evoluindo muito, olha só... porcaria, e esse é o segundo feito na marra (o outro tinha aquelas bandeirinhas do Brasil, feito no FrontPage, behh).
Pois é, esperamos que tenham gostado, pois só foi colocado no ar hoje, por impaciência do otário aqui, + surpresias (agora com muito mais équioo-oo-o que os concorretios) tão sendo preparadas... há há há (esfregando as mãos como aqueles maquiavélicos de desenhos antigos).

Agora, posso tirar aquela porra de button do BlogTemplates.

E viva o mundo dos Cheiras Colas!!!!

Gostei das engrenagens, gostei.

Rendam-se para o desconhecido.

Como já diria o deus de todos os incompreendidos:
- A evolução é ficção da realidade!

E que venham os anos mágicos.
Confrontemos todos os Paradgimas.

lhe suplico, deixe um pouco
de mim
para mim
quando vieres, buscar-me

Peço arrego, diante do espelho
da imagem, do desconforto
Peço arrego, me entrego ao pontos
pedidos de socorro, já não mais ecoam
já não mais, jahnaomais, jamais

descobrirei, ah descobrirei

11.11.03

Porque o meu Trillian me pede "USING REAL MONEY, DONT USE PIRACY COPY"? Três vivas para os marujos de um olho só e perna de pau. Salvem os papagaios!!

me expresso entre o nada
nasci para morrer
decerto vivo
apenas e somente, apenas
para aprender
que nasci para morrer
não tenho por objetivos
não temo por objetivos
eles são meus limites
são não os tenhos, serei livre
e somente livre
não quero ser algo
e só pelo ato de morrer
me tornarei o meu proprio fado
no alto dos fatos
de braços ao salto

A Quem se Destina o Destino?!

Nem todos os covardes conseguiriam naquele instante, gritar tão alto quando toda sua angústia interna.Com certeza teria desencarnado feliz se houvesse de descobrir se naquela estrela laranja tão brilhando continha alguma forma de vida útil, diferente de seu planeta de origem.

Ser considerado louco pelo simples fato de não querer mais se parecer com nós, seres humanos. Quem somos nós, os verdadeiros loucos?
E na batalha contra todo o mal, os mais idiotas acabaram sobrevivendo e passaram a consumir tudo aquilo que consumiram um dia, os mais delinqüentes.

Morrer torturado, percebendo por entre o sangue que àqueles que não negaram, também não fizeram nada. E com certeza até hoje, em algumas noites de sono, pergunta-se, será que não era melhor ter fugido, pois de qualquer jeito estaria aqui, a direita de meu Pai.

10.11.03

Alguém pode considerar o que fica atrás do pensamento o lugar do não-humano, da animalidade. Mas a animalidade faz parte da nossa humanidade, como demonstrou Morin. Nesse sentido, o ser humano padece, e até se desumaniza, quando se pune cegamente ou quando tenta matar cruelmente a sua animalidade, sua ancestralidade presente em forma de vida pulsante, de pulsões desejantes, de instintos e energias vulcânicas. Nessa perspectiva, viver bem é aceitar a vida. O caminho Clarice Lispector apontou: "é só não lutar contra e entregar-se".

Copylefteado de algum, mas não lembro onde.

Voemos, por onde encontram-se as mãos.
flutuando por caminhos apenas nossos
que aos pensamentos pertencem
relutante à gravidade
moral, apática
que a mim não pertence
por cercas não vistas
por muros que circundam o nada
e de nada nos faremos
do silêncio nos silenciaremos.

Por onde andas,
que continua a chover
assovios e calafrios
rondam, em minha caixa
todas as noites.
Frequento os olhos
fechados, cansados
Respostas de impulsos
da caixa, que pulsam.

7.11.03

Subversão II

Eis aqui uma campanha, criada pelo moço Tup, uma paródia da campanha da FORUM (não sei como fazer o caractere de TRADEMARK, bah, que se foda então), "conceituada" loja de moda no Brasil.


clica na imagem, caso queira ver maior


Acho que cabia bem uma camisa estampado CONSUMISMO.

Não adianta correr, eu já te disse.

Você fala, fala e fala. Eu não escuto, logo em seguida te pergunto. De que te vale a vida? A não ser para ser vivida. Mesmo que o mundo não te deixe voar. Cortaram-lhe as asas, as patas, arrancaram-lhe os olhos, língua não existe mais. Agora o que lhe resta, querem amputar seus pensamentos. Mesmo que sujos e fétidos. Você tem direito a eles, e eles a ti pertencem. Sem erros, sem meros, devaneios. Fato. Viva, apenas.

Subversão



Esta foi o meu presente deixado para os porcos. Ontem durante a reunião de diretoria desta empresa que trabalho. Fui requisitado ir ao local, configurar laptop e datashow, e de presente (antes de começar a ilustre reunião, que contava com a presença do governador do estado) deixei esse mimo estampado na parede, com um tamanho 40 vezes maior do que este daí. O melhor, o assunto da reunião era exatamente de teor financeiro e dividas ao que chamam de estado.



fotoLog do esmola




Eu sempre achei a África misteriosamente interessante...

6.11.03

Estado: Catarse Nível Médio
Música: "Hello Sunshine"


e...e...e... NO FUCK WAY, BASTARDs.

E acordar todas as noites sentido que a vida tem sentido, mesmo que você não o conheça em detalhes...

Acabar dormindo todas as manhãs ensopado em lágrimas que uma senhorita muito importante fez questão de não fazer questão pelos seus sentimentos mais íntimos...

Imbecís de nós homens, quando tentamos acabar com toda falcatrua existente no folclore de que somos insensíveis e paqueradores, parece que quanto mais tentamos ser corretos, mais doloroso torna nossa existência em forma de carne...

Não sei mais o que quero, talvez, continuar esse ciclo, torcendo para não perceber que não existe a mundaça, apenas leves momentos de maré calma, mas nunca haverá...

As melhores séries, sempre veêm depois da tranqüilidade. Onde há fogo, há chama!!!

5.11.03

EX PLO EX PLO


GIL

ZAS

PLOC

GIL

ZAS

PLOC

GIL

ZAS

PLOC

GIL

ZAS

PLOC

GIL

ZAS

PLOC

GIL

ZAS

PLOC

O telefone, não tocou novamente. E não fui atender...

Porque a cultura ocidental cria um temor aterrorizante em torno da Morte? Porque a tratamos com desgosto? Porque nos causa um "pseudo-mal"? A morte decerto é o caos de nossas células, a forma mais simples e pura de vida. Estranho não? Não. Há beleza na morte, e eu não estou louco. A continuação do ciclo. Pura. Branca.

Oi! Meu nome é Jenny.

4.11.03

além de não saber onde a larguei, também me retirei da noção de espaço-tempo. flutuando..................ando.........

Evolução necessária, faz-se urgente. É lenta e vagarosa, demasiadamente interna. Solúvel em panos brandos, é conceitual acima de tudo. MetamórfiXXXa.

...Larguei a bebida.........só não sei onde...


e viveram felizes para sempre...

3.11.03



Nova empreitada de Eduf -> www.gonzo.com.br

Urruul! NewScientist, conteúdo n3rdc0r3fumetado -> www.newscientist.com/hottopics/marijuana/

Antes e Depois...





Imagens Copylefteadas do site História dos Bairros de Maceió

back to work.

Sabe como é se sentir você? e apenas você. Pois eu me senti eu, quando estava ali, sentado, relaxado, calado. Me senti eu de verdade quando estava tocando.

As coisas nunca são como pensamos que são.